Wednesday, November 23, 2005

Big news

Pois é amigos...

Venho aqui a correr só para vos dar uma excelente notícia... bem várias.

1. Estou apaixonada

2. Namoro

3. Estou a viver com o meu namorado

4. Vamos ficar noivos

5. Não vou mudar por causa disso

6. Espero voltar aqui diariamente em breve

Lua, vamos tomar esse café. Telefona-me a combinar.

E vocês tb, vão dando notícias.

Beijos grandes

Monday, November 07, 2005

Tanto tempo...

Amiguinhos, há quanto tempo...

Nem sei por onde começar a recuperação de tanto tempo afastada de vocês.

Na minha vida tanta coisa aconteceu que nem que escrevesse por mil horas vos iria contar tudo o que nestes últimos tempos vivi, senti e sonhei...

As peças de teatro que fui... lindas. Suzana Borges, és uma senhora.
...
Os concertos a que assisti... fabulosos. Pedro Morcego, a abertura ideal para os Mission.
...
As saídas com os amigos... memoráveis. Chá de panela, adoro-vos.
...
O amor que encontrei... inesquecível. Lindo, nunca me separarei de ti.
...
Os ignorantes com quem me defornto... cegos. Pena que só vejam dinheiro e estatuto e se esqueçam do valor que cada um tem como indivíduo.
...
O acidente de viação que tive... arriscado. Quis um anjinho que não me magoasse muito.
...
As saudades... enormes. Espero agora que finalmente arranjei o computador voltar mais vezes.

Agora vou-vos visitar. Tenho tanto para ler.

Monday, October 24, 2005

Desculpem

Olá amiguinhos,

Desculpem a longa ausência mas fui banida do mundo on-line... :(

O PC de casa avariou e no trabalho o acesso à net é controlado. Espero resolver esta situação logo que possível.

Até lá saibam apenas que vos adoro e estou cheia de saudades vossas.

Beijos grandes

Tuesday, October 11, 2005

Louco

A sedução teima em pairar no ar. Não existem certezas, mas também... quem as quer.
A lua continua fascinante e nós continuamos fascinados no olhar um do outro.

Tudo contigo é um risco. O chão que constantemente se move, os toques que constantemente se sentem, a euforia de uma dança...

És louco. E eu mais louca sou por te acompanhar nesta aventura.


Foto daqui. Muito bom. Leiam.

Friday, October 07, 2005

Curioso


A vida tem destas coisas engraçadas...

No matter how many times you fall you always land in the same spot.

Beijos

Foto de Bruno Bisang.

Wednesday, September 28, 2005

Hoje...

Sinto o chão a fugir-me dos pés
Sinto no corpo a prenúncio de mais uma depressão a aproximar-se.
Eu não queria. Eu juro que não queria, mas não consigo fazer diferente.

Perdi a vontade de sair.
Todas as festas, todos os risos, toda a alegria que têm vindo a acontecer diariamente estão a começar a virar eco... estou lá mas não estou. Sinto-me abstrair. Sinto que o meu corpo começa a mexer-se fora da música, que bato o copo sem brindar, que sorrio sem olhar para quem fala...

Sei que muitos invejam a minha vida, mas que sabem eles. Que sabem eles da solidão que existe para lá da porta de casa. Todas as festas, todos os amigos, todo o brilho são alegrias efémeras. Risos e sorrisos que alegram mas não perduram. Alguns amigos que são muito amigos mas nenhum é amor. Salvam-me as minhas duas lindas amigas...

Não liguem.

Hoje sinto-me cansada. As pernas pesam-me e os pés afundam-se no chão impedidndo-me de seguir em frente.

Hoje não quero rir.Não quero a alegria da noite, dos amigos, dos copos, dos brindes...

Hoje quero ficar só. Agarrar no carro e conduzir ao som de uma qualquer música melancólica olhando com dificuldade a estrada por entre choros e soluços.

Hoje queria que me encontrassem. Queria ser salva, ter um colo. Hoje queria que me dissessem "amor, finalmente encontrei-te".

Monday, September 26, 2005

Bolas!


Não sei bem porquê hoje passei o dia com um nó na garganta. Com um qualquer desconforto emocional que se fazia sentir fiscamente e me deixava cansada, sem ar e sem ânimo. Mal consegui trabalhar.

Sai do trabalho e ao invés de ir ensaiar ou ter com os amigos ao café, como agora sempre faço, conduzi... conduzi... conduzi... sem qualquer rumo ou direcção.

Apanhei-me então na praia a ver o mar da janela do carro e a ouvir damien rice.

Estou cansada.

Coloquei o pé a fundo e acelerei a minha vida de tal modo que quase perdi o rumo.
Onde está o equilíbrio?

Se a minha vida agora está tão boa do que é que eu sinto falta?
Mas sinto... sinto tanto que me chega a doer o corpo.


Foto de Nicola Ranaldi.